Econotícias Online

Data: 16.02.2016

Monsanto Prepara Abelhas Robôs Para Espalhar OGM

A fauna particularmente necessária para o desenvolvimento de uma pequena planta será substituída por pequenos veículos de titânio e plástico, capazes de voar de flor em flor e distribuir o pólen das flores.
 
Monsanto, a multinacional dos EUA, decidiu criar abelhas robô para propagar OGM. Este projecto irá substituir a fauna associada com a agricultura, exterminada pelos pesticidas da empresa.
 
Este plano da Monsanto reflecte a toxicidade marcante de pesticidas utilizados nos seus campos, que desde meados da década de 1990 levou a um declínio geral no bem-estar  da população e da biodiversidade, com especial impacto nas abelhas .
 
Na versão robotizada da Monsanto, esta fauna particularmente necessária para o desenvolvimento de uma pequena planta será substituída por pequenos veículos de titânio e plástico, capazes de voar de flor em flor e distribuir o pólen das flores.
 
Além disso, numa versão ainda mais sofisticada, existirão colmeias inteiras cuidadosamente programadas através do algoritmo correcto, para polinizar campos específicos.
 
Diz-se que estas abelhas robô também podem ser usadas para fins militares e para o monitoramento da população, como potenciais propagadores de neurotoxinas.
 
Em Setembro de 2011, a Monsanto comprou a Beeologics, líder internacional dedicado à protecção das abelhas e das causas da sua morte.
 
A Monsanto é uma das multinacionais que abrange o mercado de alimentos, utilizando uma série de sementes transgénicas nos seus campos e abrange também o mercado global de pesticidas.
 
Esta transnacional também tem sido criticada por limitar a variedade de sementes no mercado, infelizmente, estes exemplos não se comparam a outras acções e criações que a empresa tem estado envolvida.
 
A Monsanto esteve envolvida na criação da primeira bomba nuclear na Segunda Guerra Mundial e operou uma central nuclear na década de oitenta para o governo dos EUA.
 
Em 1944, a Monsanto começou iniciou a criação do DDT, um pesticida que foi proibido na Hungria, depois de 1968, na Noruega e na Suécia, em 1970, EUA em 1972. Durante a Convenção de Estocolmo, em 2004, foi proibido em geral, pois acumula-se no tecido adiposo e no leite e pode causar danos irreparáveis ​​nos rins e no fígado.
 
Durante a Guerra do Vietname, a Monsanto foi uma das sete empresas que tiveram o “Agente Laranja do Governo Americano” (embora a fórmula era cem vezes mais forte do que o outro), como parte do seu programa de guerra química.
 
O executivo vietnamita acredita que, devido ao Agente Laranja, morreram  400 000 pessoas e nos anos seguintes meio milhão de bebês nasceram com defeitos.
https://prisaoplanetaria.com/

Listagem de Artigos

Primeira 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 Última


Movimento Ecológico | Rua Dr. Danton Vampret - 128 Aldeia de Barueri | Fone: (11) 4163-4382 | E-mail: movieco@movieco.org.br