Econotícias Online

Data: 16.09.2014

O Líquido Vital corre risco de Vida

Não é só em São Paulo que a água passou a ser assunto de capas de jornais e revistas. Os membros do Fórum Mundial da Água, o Conselho Mundial da Água e da Global Water Partnership (GWP), têm mantido a estratégia de um acordo internacional para serem os responsáveis pelo controle, distribuição e conservação da água em todo o mundo.
 
Com a acusação de que o Estado é ineficiente e só serve para dificultar uma distribuição justa e equitativa da água, uma privatização sem medidas corre o risco de ser efetuada. Se aceita, a responsabilidade por financiar as atividades nacionais, regionais, continentais e globais da água estaria nas mãos de algumas poucas corporações.
 
Há ainda um interesse especial em fontes de águas subterrâneas devido ao seu alto nível de limpeza, além de normalmente serem grandes reservas, o que facilita a extração da água de forma relativamente fácil.
 
Dado um relatório no Japão por Michel Camdessus ("Financiamento Água para Todos"), o ex-chefe do Fundo Monetário Internacional provocou rechaços por parte dos defensores da água que defendem o líquido vital como um direito humano. Enquanto ecologistas manifestaram a sua oposição à visão comercial do "cartel da água", com expressões como "Água é Vida" e "Água é o povo", a indiana Vandana Shiva, resumiu o paradoxo: “As pessoas não bebem dinheiro, tomam água”. 
 
Renomados defensores da água, os canadenses, Maude Barlow e Tony Clark também se juntaram a mais de 200 organizações com a missão de enfrentar a visão dos organizadores dos Fóruns Mundiais da Água, que consideram a água como um bem econômico produtor de ganâncias, mais do que um bem social.
Por Henny Freitas Foto: Internet

Listagem de Artigos

Primeira 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 Última


Movimento Ecológico | Rua Dr. Danton Vampret - 128 Aldeia de Barueri | Fone: (11) 4163-4382 | E-mail: movieco@movieco.org.br