Econotícias Online

Data: 13.08.2014

Movimento pelo Parque Augusta realiza primeiro Fórum em São Paulo

O Movimento pelo Parque Augusta irá realizar o primeiro FÓRUM PARQUE AUGUSTA, dia 24 de agosto, a partir das 14h, na Rua Gravataí (entre o Parque Augusta e a Praça Roosevelt). O evento contará com mesa de debates e atividades artísticas e socioculturais. 
 
A lei que autoriza a criação do Parque Augusta foi sancionada pelo prefeito Fernando Haddad em 23 de dezembro de 2013. Seis dias depois, os paulistanos foram trancados do lado de fora do parque pela iniciativa privada, diga-se pelas construtoras Setin/Cyrela. Atormentadas com a mobilização popular por um parque 100% livre de empreendimentos imobiliários, as construtoras colocaram cadeados nos portões, privando a população o direito ao bosque - uma decisão arbitrária, ilegal e que permanece até hoje.
 
Mesmo com a lei a favor do parque, a prefeitura vem se omitindo desde então sobre o fechamento dos portões e negligenciando o fato de que São Paulo está em estado de calamidade e precisa desesperadamente de áreas verdes na cidade. Além de não se manifestar em todos os trâmites necessários para a implantação do Parque Augusta, a mesma prefeitura ainda ousa aprovar a construção de prédios privados dentro da última área verde livre do centro - o que restringirá o acesso ao público, eliminará mais uma área permeável, prejudicará o trânsito, aumentará o lixo e a poluição e o pior: comprometerá a vida do bosque.
 
Desde o fechamento dos portões, reuniões foram articuladas com as secretarias do verde e do meio ambiente, da cultura, de direitos humanos, assim como com o ministério público e a prefeitura. Ainda segundo o movimento, provas que apontam as irregularidades para se construir na área - desde a venda ilegal do terreno ao projeto atual passam por cima de leis ambientais, municipais e federais.
 
A disputa pelo Parque Augusta sem prédios baseia-se num estudo aprofundado da área, numa vontade legítima da população, na necessidade urgente da cidade por mais áreas verdes e no direito de participação e decisão na e para a cidade.
 
Durante o FÓRUM PARQUE AUGUSTA será aberta uma roda de conversa para debater os motivos e características atuais pelos quais o Parque Augusta não é só mais um pedido isolado e sem importância nas demandas de São Paulo. Entre outras questões, será debatido o quanto o Parque Augusta é imprescindível para a cidade.
 
        
Convidados confirmados:
        
- Célio Turino: criador dos Pontos de Cultura e estudioso sobre a importância de contemplar parques públicos na cidade.
        
- Henrique Carneiro: professor de História da USP, defensor do direito à cidade e apropriação dos espaços públicos. Participou do Ocupa Sampa no Vale do Anhangabaú.
        
- Acácio Augusto: professor de Ciência Política e Sociologia no curso de Relações Internacionais da Faculdade Santa Marcelina. Atualmente estuda os movimentos socioambientais.
 
- Lenny Blue: professora de Tai chi chuan e frequentadora do Parque Augusta. Irá falar sobre sua visão em relação aos impactos sociais e ambientais trazidos com o fechamento dos portões.
 
- Sônia Aramari: liderança Guarani. Irá debater sobre o desafio da reintegração de posse na Terra Indígena Jaraguá e sobre como a tribo se organiza, tanto em sua gestão como na relação com o lugar em que vivem.
 
Contação de história para crianças, exibição de documentários sobre a história do parque, jogos educativos e culturais, além de atrações musicais também fazem parte da programação do Fórum Parque Augusta!
 
Fica aqui, o convite feito pelo movimento: "É hora de pensarmos juntos na construção da cidade que queremos!"
 
#ForumParqueAugusta
24 de agosto, a partir das 14h
Rua Gravataí (entre o Parque Augusta e a Praça Roosevelt)

 

Por Henny Freitas Foto: Movimento Parque Augusta

Listagem de Artigos

Primeira 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 Última


Movimento Ecológico | Rua Dr. Danton Vampret - 128 Aldeia de Barueri | Fone: (11) 4163-4382 | E-mail: movieco@movieco.org.br