Econotícias Online

Data: 02.06.2014

Fusca Elétrico pode rodar 100 km com R$ 3,50

Que os carros elétricos emitem menos gases de efeito estufa do que os convencionais, cujos motores são abastecidos por combustíveis fósseis, a gente já sabia. Contudo, esses veículos menos poluentes não são para qualquer um, ou pelo menos para qualquer bolso. Isso porque o tipo de tecnologia utilizada na fabricação desses automóveis ainda é muito cara (pelo menos aqui no Brasil).
 
Mas ainda bem que existem pessoas como o engenheiro paraguaio Mario Vernazza. O jovem de 25 anos de idade desenvolveu um fusca elétrico com tecnologia acessível a partir da busca de peças simples ao redor do mundo.
 
Com um investimento de aproximadamente US$ 15 mil (o equivalente a 34 mil reais) em peças e testes, o modelo Fusca 85 do engenheiro se tornou, finalmente, elétrico. A ideia então foi fomentada em produtos já existentes e de baixo custo, comparados com outros carros elétricos. 
 

Com 12 baterias de 170 amperes e oito volts, capazes de mover o veículo a 120 km/h, o carregamento completo em uma tomada convencional varia entre oito e dez horas.
 
Em termos de consumo, do qual um litro de etanol equivale 100 km rodados, Vernazza afirmou ao jornal Gazeta do Povo que sua conta de luz subiu R$ 35 ao percorrer 800 km em um mês. Ou seja, se rodar 100 km, gasta apenas R$ 3,50.
 
O valor para transformar um carro comum em um modelo elétrico pode parecer elevado, mas o motorista certamente teria economia em longo prazo e ainda colaboraria com a redução da poluição.
Eco D

Listagem de Artigos

Primeira 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 Última


Movimento Ecológico | Rua Dr. Danton Vampret - 128 Aldeia de Barueri | Fone: (11) 4163-4382 | E-mail: movieco@movieco.org.br