Econotícias Online

Data: 02.10.2013

ONG holandesa faz campanha para Mujica receber o Nobel da Paz de 2014

O Comitê Nobel da Noruega começou a receber em setembro cartas de legisladores, juízes, reitores, especialistas e acadêmicos que estão de acordo com a indicação do presidente uruguaio José "Pepe" Mujica ao Nobel da Paz.
 
A campanha teve início em 1º de maio e foi lançada pela ONG holandesa Drugs Peace Institute, presidida por um ativista da descriminalização das drogas, Frans Bronkhorst, que esteve em Montevidéu no final de fevereiro com o objetivo de propor pessoalmente ao presidente uruguaio a sua postulação - os candidatos devem expressar sua concordância com a participação no prêmio.
 
Mujica é o mentor do projeto de lei que estabelece a regulação estatal da produção, do armazenamento e da venda de maconha no Uruguai. A proposta já passou pela Câmara dos Deputados e deve ser votada até novembro pelo Senado. 
 
"Como São Jorge, que enfrentou o dragão que comia crianças, José Mujica surgiu como defensor da sociedade civil mundial, aterrorizada pela guerra às drogas", escreve a organização em sua justificativa da campanha em prol do mandatário (mais informações podem ser obtidas na página da Drugs Peace Institute, em inglês).
 
Até agora, diz Bronkhorst ao Terra, a entidade recebeu alguns apoios de políticos e de lideranças de entidades vinculadas à defesa da paz pelo mundo. Como o projeto ainda não é lei, a estratégia da ONG é esperar o desenlace nos próximos meses para, a partir daí, intensificar a divulgação da campanha, principalmente em universidades.
 
Os vencedores dessa postulação serão conhecidos em outubro de 2014 e, em 10 de dezembro do próximo ano, será realizará a cerimônia de premiação. Mujica não vem se pronunciando sobre o tema e se limitou, no início deste mês, a dizer que a candidatura “não vai lhe tirar o sono”.
 
Entre 1994 e 1995, o Drugs Peace Institute também havia trabalhado pela indicação de Evo Morales, mas já sabia “que ele não tinha chances reais de ganhar”, conta Bronkhorst. A razão impulsora havia sido a defesa do consumo e da produção de coca por parte do líder boliviano. 
 
"Bob Marley do século XXI"
A candidatura de Mujica, considera o holandês, é mais promissora. "Não só na América Latina, mas também em alguns Estados norte-americanos há governos que estão a favor da legalização da maconha. A geopolítica mudou completamente, e há uma chance de que o presidente uruguaio efetivamente ganhe o prêmio", avalia. "De toda forma, estamos muito felizes de que o debate no mundo, hoje, esteja sobre a mesa."
 
Para Bronkhorst, se laureado, o uruguaio pode se transformar em uma referência na defesa da legalização das drogas como uma política de combate ao crescimento do seu uso e da criminalidade a que está associada. "Seria uma espécie de Bob Marley do século XXI", considerou, em tom de brincadeira, durante sua passagem por Montevidéu.
 
Além do seu projeto de regulação da cannabis, que passou com sucesso pela Câmara dos Deputados do país, Mujica vem ganhando terreno no exterior e em outras searas espinhosas do âmbito internacional, como as negociações entre a guerrilha colombiana do Exército de Libertação Nacional e o governo de Juan Manuel Santos, que devem ser retomadas na próxima semana e ter o Uruguai como mediador, segundo informam jornais da Colômbia. A proposta também partiu de Mujica.
 
"Coerência" e "caos"
Seu capital político presente, sua atuação dentro e fora do Uruguai e seu passado de guerrilheiro tupamaro eleito presidente democraticamente fazem com que Mujica seja um candidato "coerente" com a tônica dos prêmios Nobel, que é a de "premiar vidas, mais do que pessoas", na opinião de Julio Calzada, diretor geral da Junta Nacional de Drogas, órgão do governo atualmente responsável pelo combate ao uso de entorpecentes no Uruguai. Calzada recebeu Bronkhorst em Montevidéu e seu pedido formal de inscrever Mujica na premiação sueca.
http://noticias.terra.com.br/mundo/america-latina/,7b5a3c55c6071410VgnVCM10000098cceb0aRCRD.html Foto: AFP

Listagem de Artigos

Primeira 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 Última


Movimento Ecológico | Rua Dr. Danton Vampret - 128 Aldeia de Barueri | Fone: (11) 4163-4382 | E-mail: movieco@movieco.org.br